Atividades extracurriculares: como ajudar o seu filho a escolhê-las?

A formação da criança vai muito além da instrução escolar, indo de sua experiência social ao convívio familiar. Nesse sentido, as atividades extracurriculares podem ajudar a desenvolver habilidades importantes, aperfeiçoando as características essenciais encontradas em um adulto de sucesso.

Inserir essas atividades na agenda do seu filho também vai ajudá-lo a ampliar suas as vivências e adquirir novos conhecimentos. Pensando nisso, separamos 4 atividades extracurriculares e as habilidades que seu filho pode desenvolver com elas. Confira!

1. Esporte

Em esportes coletivos, seu filho vai aprender, entre outras coisas, a trabalhar em equipe. Mas não pense que apenas futebol e basquete são vantajosos. Em qualquer modalidade, seja coletiva ou individual, a criança desenvolve o autocontrole, a disciplina e a percepção dos seus limites. Ela também aprende a respeitar regras, companheiros e adversários.

A prática contínua de esportes ainda ajuda a manter a saúde em dia, dá mais disposição e controla o peso.

2. Curso de Idiomas

Dominar pelo menos um idioma estrangeiro é requisito básico para qualquer profissional.  Os cursos de inglês são os mais procurados, mas já há disponibilidade de aulas de várias outras línguas, também valorizadas no mercado de trabalho. Claro que a criança precisa se interessar por isso, pois de nada adianta fazer este investimento se ela não estiver disposta.

Mas um pouco de incentivo dos pais pode ajudar o jovem a perceber a importância desse aprendizado. Além de ser importante para o futuro, aprender outro idioma aumenta a memória, a capacidade de atenção de e articulação. Línguas como francês, espanhol, alemão e até o Mandarim — falado na China — são algumas das opções disponíveis.

3. Artes

Cursos que envolvem a arte, como música, dança, teatro e outras formas de manifestações artísticas ajudam a desenvolver a criatividade e a sensibilidade. Atividades extracurriculares com esse foco estimulam o pensamento, a imaginação, a sensibilidade.

A música, por exemplo, pode ajudar seu filho na aprendizagem da matemática, nas habilidades motoras, cognitivas, sociais e melhorar sua concentração. Já a dança faz a criança perceber todo o potencial de seu próprio corpo e como é possível se expressar de maneira diferente. Também trabalha a timidez e aumenta a sociabilidade.

4. Curso de Modelo

Sim! Um curso de modelo também está entre as atividades extracurriculares que trazem grandes benefícios na formação do seu filho. Essa profissão sofre muito preconceito, mas esse curso ajuda no amadurecimento: é necessário disciplina, respeitar regras, ter confiança, autoestima e carisma. Essas características são fundamentais para modelos profissionais e podem tornar a criança muito mais segura e sociável.

Como você pode perceber, as atividades extracurriculares são importantes para a formação da criança. Mas para obter todos os benefícios é preciso que você planeje a agenda do jovem com carinho. Respeite a vontade do seu filho, sempre leve em conta a idade dele e cuide para que ele não se sinta sobrecarregado. É fundamental que você assegure tempo para brincar e descansar.

Gostou das nossas dicas? Então que tal compartilhar nos comentários as atividades extracurriculares que seu filho pratica ou alguma experiência da sua família?

Deixe um comentário