Cabelo de modelo: como as mudanças podem afetar sua carreira

Você, certamente, já deve estar cansado de ouvir que o cabelo de modelo — assim como o porte físico e as medidas — é parte fundamental da imagem de um bom profissional, não é verdade? Acredite, não é exagero repetir isso! Afinal, quem está começando a dar os primeiros passos no mercado da moda muitas vezes desconhece o impacto que pode causar à própria carreira ao fazer alguma alteração de última hora, como cortá-lo, raspá-lo, pintá-lo, colocar aplique e por aí vai.

“Mas como assim?”, você deve estar se questionando. Acontece que modificações nas madeixas, mesmo que pequenas, são capazes de transformar a sua aparência por completo, além de destacar áreas indesejadas do seu rosto e mudar os contornos da sua face. Com isso, mesmo que você se encaixe em diversos projetos, pode ser dispensado de testes e castings pelo simples fato de as empresas desejarem um modelo com características físicas bem específicas (como tamanho ou cor de cabelo).

Portanto, caso queira repaginar o visual, fique atento às dicas que reunimos neste post. Dessa forma, você garante que não vai perder nenhuma oportunidade de trabalho. Acompanhe!

Reflita sobre a área que pretende seguir

Antes de qualquer coisa, reflita sobre qual a área que você quer seguir. Isso porque quem deseja ser modelo comercial, por exemplo, precisa levar a sério o estilo, o formato e a aparência das madeixas.

Basta ter em mente que não serão raras as vezes em que você vai participar de campanhas, anúncios, VTs publicitários, editoriais e afins de um mesmo cliente — tornando-se a cara que representará, para o público, a marca dele. Contudo, para que isso seja possível, será preciso manter a mesma aparência, algo que pode ser até mesmo exigido em contrato.

Consulte a agência antes de fazer qualquer mudança

Outra dica importante é procurar a sua agência antes de decidir fazer qualquer coisa com o seu cabelo. Assim, você será orientado a respeito da mudança valer ou não a pena, se não vai prejudicar a sua imagem e até mesmo ter novas ideias para criar um visual mais moderno e que valorize as suas feições.

De quebra, o seu agente pode recomendar um cabeleireiro ou hair style de renome e bastante qualificado para ser o responsável por essa repaginada — o que aumentará (e muito) as chances de o resultado ficar como o esperado.

Prefira mudanças temporárias e reversíveis

Por fim, caso tenha dúvidas do que fazer e não queira radicalizar logo de cara com o seu cabelo de modelo, há uma ótima sugestão: prefira aquelas mudanças mais simples que não só são temporárias, como também facilmente reversíveis.

Penteados diferentes, franjas falsas, texturas (com babyliss e chapinha) e coloração dos fios (como as tradicionais mechas) com tinta spray à base d’água são só algumas opções.

Como você viu, todo cuidado é pouco quando o assunto é cabelo de modelo. Afinal, qualquer alteração pode modificar a sua imagem e, inclusive, dificultar trabalhos com clientes que buscam perfis bem definidos de profissionais. Por isso, pense e repense antes de mudá-lo e não se esqueça de ter uma rotina de cuidados com os fios (como aparar as pontas, hidratar o couro cabeludo, aplicar máscaras, alimentar-se bem etc.) para mantê-los sempre impecáveis, certo?

E se você gostou de saber mais sobre o assunto, aproveite e assine já a nossa newsletter para dicas essenciais para a carreira de modelo!

Deixe um comentário