Carreira de modelo: como lidar com o “não”?

Quem nunca sonhou em ser modelo e conquistar uma carreira de sucesso? Pois saiba que, seja na área fashion ou fotográfica, existe uma série de desafios a enfrentar e muitos deles podem fazer com que o desânimo tome conta.

Se há uma coisa que desencoraja qualquer um é receber um “não” na hora de concorrer a algum trabalho. Existe uma grande expectativa, principalmente no começo da carreira de modelo, em agradar os clientes e lidar com uma negativa pode parecer a pior coisa do mundo.

Calma! Isso já aconteceu até mesmo com os maiores top models do mundo. Saber aceitar a rejeição é mais fácil do que você imagina. Quer saber como se preparar para essa situação? Então, acompanhe nossas dicas!

Não confunda “não” com “nunca”

Quando um cliente procura por um modelo para representar o seu produto, traça um perfil específico — que deve ser seguido rigorosamente. Esse perfil pode estar baseado em altura, peso, etnia, cor dos olhos e uma série de outros detalhes.

Quando você vai participar de um casting e é rejeitado, provavelmente é porque não está dentro do padrão solicitado para aquele trabalho.

Muitos jovens que estão começando confundem o “não serve para este trabalho” com “não serve para trabalho nenhum”, e não é por aí. Lembre-se de que receber rejeições é uma coisa natural e específica para cada trabalho. A nossa linda übermodel Gisele Bündchen conta que foi rejeitada por 42 vezes antes de estourar no mundo da moda.

Mantenha a sua autoestima lá em cima

Outro efeito que a rejeição pode causar é a perda da autoestima. Afinal, quando somos recusados tendemos a acreditar que há algo de errado com a gente, não é mesmo? Para garantir que esse sentimento passe longe, existem algumas coisas que você pode fazer:

  • mantenha a sua saúde em dia, faça exercícios físicos de acordo com o tipo de trabalho que pretende conquistar;

  • cuide dos cabelos, pele e unhas; e

  • tenha uma alimentação saudável e equilibrada.

Isso vai fazer com que você se sinta mais confiante consigo e elimine aquele pensamento de que foi rejeitado porque estava com algo fora do lugar.

Transforme a rejeição em autocrítica

Há uma forma de você aproveitar melhor um “não” do que se julgar: realizar uma autocrítica. Procure saber quais os motivos que levaram você a ser desclassificado para algum trabalho (se for possível) e avalie o quanto isso pode fazer sentido.

Se depois dessa observação você chegar à conclusão de que poderia ter feito mais ou deveria melhorar em algum ponto, encare isso como uma oportunidade de aperfeiçoamento.

Essa é a rotina de qualquer profissão, inclusive na carreira de modelo. Melhorar observando as suas falhas vai ajudar você a amadurecer e a subir degraus mais rápido que imagina!

Avalie outras oportunidades na carreira de modelo

Aprenda a ser mais flexível quando uma oportunidade aparecer. Focar em um determinado tipo de trabalho e não aceitar os outros pode acabar sendo prejudicial para você.

Tenha em mente que quando uma porta se fecha, outras podem se revelar. Talvez essa seja até mesmo a oportunidade que você precisava para alcançar os seus sonhos.

E aí? Está se sentindo mais forte para seguir em frente quando receber um “não”? Lembre-se de que isso é comum na carreira de modelo e a concorrência sempre será muito grande. O que vai fazer a diferença é seu esforço e comprometimento com o trabalho.

Temos a certeza de que, se você seguir essas dicas, vai ficar muito mais fácil lidar com os obstáculos e alcançar mais rápido o seu sonho. Se você quer ter mais dicas sobre a carreira de modelo, siga a gente nas redes sociais — estamos no Facebook e no Instagram.

Deixe um comentário