Como conciliar os estudos com a carreira de modelo?

A maioria dos adolescentes sonha em ser modelo, brilhar nas passarelas, estrelar campanhas de moda e ser reconhecido mundialmente. Mas junto com estes sonhos surgem muitas dúvidas e entre elas, como conciliar a carreira de modelo com os estudos? E quem dá a dica de como fazer isso é Dilson Stein, o maior descobridor de modelos do país!

– “Estudar é fundamental. Hoje não existe mais aquela ideia que para ser modelo basta ser bonita(o). Modelo tem que ser articulado, estar por dentro de tudo o que acontece no mercado da moda e principalmente saber se comunicar. Falar outras línguas também é essencial, pois pode ser que o modelo trabalhe fora do país. Os jovens estão iniciando cada vez mais cedo na profissão e por isso é preciso encontrar meios para conciliar a carreira com os estudos. Uma alternativa é conversar com a agência para que os testes e jobs sejam agendados somente para o turno inverso ao da escola. Outra opção também, é optar somente pelos jobs que não interfiram no horário das aulas. E também existe a possibilidade de começar a trabalhar efetivamente depois de terminar os estudos. Além da escola tradicional, o modelo ainda pode procurar por atividades de expressão corporal”, aconselha Dilson Stein.

Gabriele Alves, de 16 anos, é de Horizontina RS e iniciou a carreira com 13, ao participar do New Models Weekend, evento realizado por Dilson Stein para descoberta de talentos para o mundo da moda. No evento Gabriele foi aprovada por 09 agências, mas antes de iniciar na carreira decidiu, juntamente com sua família e com a agência que escolheu para trabalhar, terminar os estudos: “Meu sonho sempre foi ser modelo, mas decidi primeiro terminar o ensino médio, pois o estudo é fundamental, também na carreira de modelo. E como começamos muito novas nessa profissão podemos mudar de ideia mais tarde. Ter uma formação é muito importante e meus pais sempre me apoiaram”, conta Gabriele, que tem contrato com uma das principais agências do país, e assim que concluir o ensino médio pretende morar definitivamente São Paulo.

nova

 

Deixe um comentário