Conheça a new face Fabrícia Nunes

Hoje é dia de apresentarmos uma descoberta Dilson Stein: a new face Fabrícia Nunes. Natural de Ariquemes/RO ela foi descoberta em novembro de 2016, quando participou do New Models Weekend em Porto Velho. Com 17 anos e 1,79m de altura, Fabrícia foi aprovada por 07 agências e escolheu a Agência Prime para cuidar e gerenciar sua carreira.

Confira nosso bate papo com a modelo:

Você foi aprovada por 07 agências. Qual escolheu, e por quê?
Escolhi a Prime Model, porque foi a que me mostrou mais confiança e mais interesse e por acha-la a melhor agência atualmente.

Sempre sonhou em ser modelo?
Não, na verdade eu quis tentar a carreira porque todo mundo sempre falou que eu tinha o perfil.

Como foi realizar o primeiro trabalho?
Foi incrível, muito nervosismo, porém foi quando eu descobri que realmente estava fazendo o que eu gosto.

Podes citar alguns de teus Jobs ou testes? E qual mais gostou de fazer?
Fiz poucas coisas ainda, comecei a trabalhar recentemente, mas neles estão inclusos um job para Riachuelo, foi o que eu mais gostei.

Como é levar um não? Como você reagiu aos nãos que levou?
Para mim é normal, na carreira de modelo isso é muito normal, levamos nãos todos os dias, isso faz parte, nem tudo na vida é positivo. Os nãos me ajudam a descobrir o que falta em mim e melhorar cada vez mais.

Qual a tua dica para quem levou um não?
Segue em frente e tente de novo, é tentando que você vai conseguir.

Quais tuas perspectivas para o futuro como modelo?
Quero fazer muitos trabalhos legais, servir de inspiração para outras garotas e para o mundo da moda.

Tem alguma marca específica que deseja trabalhar?
Sim, Victoria’s Secret é minha meta.

Quais as principais dificuldades que você passou até começar na carreira?
Saudade da família, perdi meu pai quando estava aqui em São Paulo, não é fácil.

Que conselho você daria para quem sonha com essa profissão?
Tem que ter muito foco e determinação, correr atrás e ter muita personalidade.

Tua família te apoia, na escolha dessa profissão? De que forma?
Sim, me apoiam financeiramente e emocionalmente.

Como conheceu o trabalho de Dilson Stein?
Uma colega comentou comigo que ele faria uma seleção na minha cidade, então eu quis participar e foi assim que eu conheci.

Porque optou por participar do New Models Weekend?
Porque era a minha oportunidade de conseguir uma carreira fora do meu estado, foi a única convenção séria que eu consegui encontrar.

De que forma participar do New Models Weekend te auxiliou na busca do teu sonho?
Se eu não tivesse participado da seletiva do Dilson eu não estaria onde eu estou hoje.

Você recomenda o trabalho de Dilson Stein? Por quê?
Sim, porque ele trabalha com profissionais sérios, e te auxilia como é a vida do modelo no mercado, são profissionais de confiança.

Qual a melhor e a pior parte da profissão modelo?
A melhor, pra mim, é ver os trabalhos que eu fiz, viajar, ser feliz com o que eu faço isso pra mim não tem preço. A pior é a saudade da família sem dúvidas.

Fabrícia, te desejamos muito sucesso!

foto de Land e Hugo

foto de Land e Hugo

foto de Land e Hugo

foto de Land e Hugo

foto de Land e Hugo

foto de Land e Hugo

Deixe um comentário