Lorena Maraschi fala sobre sua vida após se tornar uma Prada Girl

Lorena Maraschi, a nova neotop brasileira que foi descoberta por Dilson Stein, concedeu uma entrevista exclusiva ao renomado portal FFW, onde conta como está a sua vida após se tornar um dos novos rostos da Prada.

Quer conferir? Então continua aqui conosco que te mostramos como foi a entrevista:

 

Lorena, em poucos meses você foi de new face a neotop. Como está a sua vida agora?

Está sendo uma loucura e não existe uma rotina. Há um ano eu morava em São Paulo, dividia apartamento com o meu namorado, fazia alguns trabalhos por aqui e tinha uma vida mais parada. Hoje é tudo muito corrido e com confirmações em cima da hora. Ontem meu booker ligou dizendo “Lorena, você precisa voar hoje pra Nova York”, mas eu já estava com todas as provas de roupa do SPFW feitas e acabou que eu não fui. Sempre sei que vou viajar no dia da viagem. Teve semana de fazer bate-volta Nova York-Europa três vezes.

 

Era o que você almejava?

É muito exaustivo, mas é o que eu queria. Quando comecei na carreira sempre tive o sonho de deslanchar, assim como todas as modelos, mas para mim demorou alguns anos até de fato estar preparada. Chegou uma hora que parei de pensar e de me cobrar; foi aí que tudo aconteceu, de um segundo para o outro.

 

Como está a sua carreira pós-Prada?

Vida pós-Prada é uma vida completamente diferente. Tudo mudou: desde o tratamento das pessoas até os trabalhos que estou fazendo. Prada muda a vida. É algo que não consigo explicar.

 

Você tem trabalhado bastante lá fora com a Ashley Brokaw (top diretora de castings). Ela aposta muito em você?

Sim! Ela me colocou pra fazer quase todos os desfiles que ela dirige. Foi ela que me bookou para Prada.

 

Vamos falar de Brasil. Você é cover girl de uma das capas da nova “FFWMAG” – sua primeira capa no Brasil, certo?

Sim, minha primeira capa brasileira. Estou superfeliz. É uma história forte e punk. Me entreguei inteira para fotografar pois acho que a personagem tem tudo a ver comigo, pois ela é vegan. A história é meio que apocalíptica e se passa em uma fazenda; a menina está meio que se transformando em um animal, o que é legal para mostrar que não existem diferenças entre homem e animal.

 

Essa história foi fotografada pelo Zee Nunes com styling do Pedro Sales, dois nomes que apostaram em você no Brasil. São eles seus padrinhos nacionais?

Super! Eles são definitivamente os meus padrinhos. Foram eles que olharam pra mim e falaram: vamos apostar nessa menina!

 

*entrevista por Higor Bastos, do portal FFW

Reinaldo Loureno SPFW - N42 Outubro / 2016 foto: Marcelo Soubhia/ FOTOSITE

Reinaldo Loureno
SPFW – N42
Outubro / 2016
foto: Marcelo Soubhia/ FOTOSITE

Lolitta SPFW - N42 Outubro / 2016 foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

Lolitta
SPFW – N42
Outubro / 2016
foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

Deixe um comentário