O que fazer para saber se uma agência de modelos é confiável ou não?

Imagine a seguinte cena: você ouve todos os dias que tem um filho lindo e carismático. Após algum tempo, um olheiro se aproxima e diz que gostaria de fazer testes com ele em uma agência de modelos desconhecida e, possivelmente, representá-lo dali em diante. Você sabe o que fazer para saber se essa empresa é confiável ou não?

Se já passou por isso ou quer saber como evitar maus negócios com agências, este post é para você. Conheça nossas dicas e saiba avaliar e identificar de vez se seu filho está nas mãos de bons profissionais que vão guiá-lo pelo melhor caminho na formação de uma carreira de sucesso. Acompanhe.

Pesquise antes de formalizar qualquer negócio

A agência de modelos geralmente é a melhor porta para a criação de carreiras de sucesso. Ela encontra as melhores oportunidades para o perfil de seu representado e indica qual postura deve ser tomada diante cada adversidade. Assim, uma escolha errada pode custar o fim precoce de um futuro promissor.

Por isso, é importante ter cautela extra no momento de escolher uma agência, especialmente quando seu filho ainda é menor de idade. Recebeu uma proposta de um olheiro, conversou com a criança e está disposto a aceitá-la? Não faça nada sem uma extensa pesquisa sobre a empresa que deseja representar o seu pequeno.

Vale buscar referências com antigos funcionários e clientes, fazer pesquisas online e conhecer as instalações físicas antes de formalizar qualquer negócio. Tudo isso fará com que você conheça os profissionais que lá trabalham e possa descobrir qualquer incoerência ou desvios que não deveriam existir.

Analise comportamentos e exigências da própria agência

Chegou à empresa e encontrou o profissional que pode ficar responsável pelo seu filho? Comece a perguntar, sem medo! Entenda como funcionam os procedimentos internos e se há taxas a pagar. Desconfie de pessoas que pareçam muito ansiosas para receber valores e que se neguem a responder propostas irreais.

O ideal é analisar comportamentos e exigências da própria agência e compará-las aos padrões do mercado. Se estiver em dúvida, aposte as empresas que não fazem propagandas agressivas em jornais, revistas e redes sociais, e nas que já estão consolidadas.

Avalie os cuidados da agência de modelos com seus representados

Empresas que hesitam em dar referências e não dão ao responsável tempo para pensar e analisar propostas com certeza não têm o melhor interesse de seus clientes em mente. Avalie como seus funcionários tratam modelos já contratados, assim você terá uma boa ideia de como o relacionamento com a agência pode se desenvolver.

Por fim, atente-se aos cuidados prestados aos modelos e às intenções que os agentes têm ao fazer contatos. Lembre-se de que agências legítimas geralmente indicam os melhores cursos, aulas, workshops e sessões fotográficas para que o modelo possa aprimorar seus talentos, mas você deve checar o trabalho dos profissionais indicados para garantir que o aprimoramento do talento preexistente ocorrerá.

E então, entendeu como avaliar se uma agência de modelos é confiável ou não? Assine nossa newsletter e não perca mais nenhuma dica sobre o mundo da moda!

12 comentários

  1. maria da conceição honorio almeida almeida 20 abril, 2017 at 22:27 Responder

    gostei bastante das dicas minha filha quer muito fazer parte de uma agencia, gostaria muito que vocês fizessem uma avaliação de perfil com ela!

  2. Gabriela Vieira 8 maio, 2017 at 12:59 Responder

    Gostei muito desse post. Tenho o sonho desde criança de ser modelo, mas infelizmente não tenho uma boa altura. Gostaria de fazer uma avaliação.

    • Dilson Stein 8 maio, 2017 at 13:39 Responder

      Oi Gabriela!
      Caso você não tenha altura para ser modelo de passarela, você pode tentar a carreira de modelo fotográfica, que não tem exigência de altura.
      Um abraço 🙂

  3. Shaiane 8 maio, 2017 at 17:59 Responder

    Olá, gostei muito do post, pois meu sonho e ser modelo fotográfica, mais nem todas as agências nao confiaveis entao tenho um pouco de medo, desde criança tenho essa paixão Um abraço

  4. Maria Eduarda Lima 21 maio, 2017 at 16:42 Responder

    Boa tarde! Fui selecionada nas duas etapas aqui do ri, e hoje seria o treinamento. Quero ser modelo fotográfico, não quero ser manequim, não quero desfilar. Não fui ao treinamento porque não quero desfilar, mas estou muito triste, arrazoada. Vcs podem fazer alguma coisa por mim?

    • Dilson Stein 23 maio, 2017 at 12:25 Responder

      Oi Maria Eduarda!
      Na verdade o trinamento é para os dois mercados, tanto para o fotográfico quanto para o de passarela.
      Mas você pode enviar algumas fotos e tuas informações de altura, peso, idade, cidade onde mora e telefone de contato com DDD para daniele@dilsonstein.com.br que iremos entrar em contato para ver como podemos prosseguir.
      Um abraço!

  5. Vanessa 22 maio, 2017 at 13:29 Responder

    Olá , gostei muito desse post , o meu sonho desde criança é ser modelo , eu final do ano passado eu psrticipei de um evento do Dilson aqui mo Rio , e aprendi muitas coisas , mas não passei para nenhuma agência .
    Eu me inscrevi , porque o meu sonho é ser modelo da agência 40 graus , maia infelismente não passei e nem por isso desisti do meu sonho …

    • Dilson Stein 23 maio, 2017 at 12:23 Responder

      Vanessa se esse é teu sonho, não desista! A própria Gisele levou 42 nãos antes do primeiro grande trabalho.
      Com determinação e persistência,você conseguirá realizar seu sonho 🙂

Deixe um comentário