Saber desfilar é um diferencial

Ser modelo de passarela está no topo da lista de desejos de muitos que iniciam a carreira na moda. Contudo, desses muitos, poucos conseguem desfilar bem com vários nomes da moda olhando para eles.

Já adiantamos que saber desfilar não é algo simples, mas é muito possível aprender e melhorar até chegar aos parâmetros dos maiores modelos que vemos nas semanas de moda do mundo.

Neste post, separamos para você algumas dicas para desfilar bem. Falaremos sobre a importância de ter essa competência, formas como melhorá-la e até a posição que algumas partes do corpo devem ficar durante o desfile. Acompanhe!

Entenda a importância de saber desfilar
Ter boa capacidade para desfilar é uma habilidade essencial para quem sonha em ser modelo. Isso porque as chances de ser chamado para uma variedade maior de trabalhos aumentam consideravelmente.

Pense no cenário: um cliente importante está fazendo a seleção. Você tem altura, tem a beleza desejada, tem desenvoltura para fazer o catálogo, mas não consegue o trabalho porque o principal para esse cliente, que é desfilar, você não tem. Isso vai gerar uma frustração enorme, já que, por muito pouco, você não fechou um trabalho importante para a sua carreira.

Portanto, para que nada parecido aconteça, aprenda a desfilar e treine muito, para sempre melhorar.

Saiba aprimorar sua técnica
Existem duas formas principais de aprimorar suas técnicas de desfile. Uma é contar com a ajuda de um profissional da agência de modelos. Durante o New Models Weekend, por exemplo, os participantes contavam com uma aula de passarela com o scouter e booker Luciano Spinelly.

Essa aula ofereceu uma base maravilhosa para começar nas passarelas e, tudo o que se aprendeu, foi colocado em prática no próprio evento.

A outra forma é começar a treinar mais em casa. Você pode começar praticando poses diferentes em frente ao espelho, fazendo sua melhor parada e treinando as expressões faciais. Aprenda a relaxar os músculos da face e a valorizar a roupa que está vestindo. Lembre-se sempre: tropeços e quedas acontecem; o ideal é você conseguir se levantar da melhor maneira possível.

Entenda o seu estilo e o do estilista
Uma coisa muito importante para ter em mente na hora de desfilar é entender o seu corpo e o que funciona para você. Existem modelos, por exemplo, que, ao desfilarem, gostam de usar sapatos menores que os próprios pés. Eles preferem assim para não correr o risco de o sapato sair e provocar uma queda.

Outros modelos dizem que, quando estão na passarela, é como se fossem atores e deixassem de ser eles mesmos. Que ali é outra pessoa, em outro mundo, não importando se está muito frio e precisam desfilar de biquíni, por exemplo. É muito importante saber o que funciona para você, para sair tudo bem durante o desfile.

Em relação ao perfil do estilista, quando tiver um desfile marcado, preste atenção àquilo que ele quer, procure saber com a produção qual será o caráter do evento e a velocidade que você deve desfilar. Estude o desfile por meio de vídeos e ensaios dos clientes.

Fique ligado na postura
Peito para fora e barriga para dentro! É preciso passar segurança quando você está em cima de uma passarela. Ter a postura ereta ajuda a dar essa informação.

Mas, para ter um bom porte, não basta estufar o peito e encolher a barriga. Existem formas corretas de colocar partes de todo o corpo para dar essa segurança ao desfilar:

Cabeça
Nunca olhe para baixo. Cada passo é um clique e, se você olhar para o chão, vai aparecer na foto como se estivesse dormindo. Escolha um ponto fixo no fim da passarela e foque nele durante o desfile.

Outra coisa: evite deslocar o pescoço enquanto anda. Tem gente que costuma colocar a cabeça para frente ou para os lados. Encaixe o corpo inteiro em postura ereta, alongando-o.

Ombros
Devem ficar parados. Não acompanham o balanço dos braços. Precisam ficar abertos, mantendo cuidado para não caminhar com um lado mais levantado que o outro.

Braços
Movimente-os naturalmente, sem forçar. Cuidado para não balançar um mais que o outro, assim, escolha se você verá os dois braços na mesma altura ou nenhum. Se um ficar mais visível que o outro, volte e treine mais. Diferentemente dos pés, eles devem ficar sempre paralelos ao corpo.

Mãos
Evite andar com as mãos fechadas ou com os dedos contraídos, apontando para algum canto, pois isso também transparece insegurança. Procure relaxar a mão, passando tranquilidade ao cliente.

Pés
Os pés não devem ficar paralelos, mas, sim, um na frente do outro. Para quem está começando, aquela paradinha na ponta da passarela é extremamente estratégica, pois, com ela, você consegue retomar a pose, se virar e arrasar na volta.

Joelhos
Devem ficar esticados. Caminhar de salto alto com os joelhos flexionados é deselegante. Além disso, dobrar os joelhos ao andar pode indicar falta de confiança por parte do modelo em relação ao salto, por exemplo. Mostrar que você tem domínio no andar demonstra segurança profissional.

Como vimos, saber desfilar para ser um modelo de passarela bem-sucedido não é uma tarefa tão simples quanto parece, mas com essas dicas, sua atitude e muito treino, você estará pronto para arrasar nos desfiles.

 

Gostou do post? Então, entre em contato conosco! Nós ficaremos muito felizes em poder esclarecer qualquer dúvida e ajudar!

3 comentários

Deixe um comentário