Saiba o que fazer para ter uma alimentação saudável na adolescência

Quando se pensa em alimentação saudável na adolescência, é comum imaginar uma dieta restrita e poucas opções de produtos que agradem ao paladar. Porém, essa visão é completamente errônea!

Para se alimentar bem não é preciso deixar de comer o que se gosta. Pelo contrário, é preciso aprender a valorizar aqueles alimentos ricos em nutrientes para o seu corpo.

Afinal, adolescentes estão em fase de desenvolvimento, e as refeições equilibradas têm um papel essencial no controle do peso, da saúde e da imagem corporal que desejam alcançar. Por essa razão, reunimos algumas dicas para ajudá-lo nessa questão. Confira!

Dê preferência a alimentos de baixo índice glicêmico

Muitos adolescentes têm o hábito de comer alimentos que oferecem uma grande quantidade de glicose aos seus organismos, como é o caso dos doces — refrigerantes, bolos, pudins e frutas —, dos amidos — milho, arroz e farinha — e dos carboidratos — massas e pães.

Como resultado, há um consumo grande de energia, mas seu corpo não consegue identificar dessa maneira. Ou seja, em vez de você se sentir saciado, ficará com fome novamente.

Logo, você acabará comendo muito mais do que o necessário e terá um ganho de peso. Para evitar isso, dê preferência aos alimentos de baixo índice glicêmico, isto é, com menos quantidade de glicose.

Para ter uma dieta rica em alimentos com essas características, inclua em suas refeições aveia, pão integral, folhas verdes, frutas e proteínas de origem magra, como peito de frango ou de peru.

Invista em alimentos funcionais para uma alimentação saudável na adolescência

Outra dica importante para uma alimentação saudável na adolescência é ter um cardápio diversificado de alimentos funcionais diariamente.

Afinal, eles possuem não apenas os nutrientes necessários para a sua saúde como também uma série de benefícios, tanto fisiológicos quanto metabólicos para o seu corpo.

Sem mencionar, é claro, que eles são eficientes em reduzir a ansiedade e o estresse, diminuir o risco de diabetes e deixar a pele muito mais macia e bonita.

No café da manhã, por exemplo, inclua as frutas cítricas, os lácteos fermentados e os cereais. Já no almoço e no jantar, dê prioridade às hortaliças, às oleaginosas e aos peixes marinhos.

Entre esses últimos, inclusive, vale destacar o atum, a sardinha, o salmão e a anchova, que são ricos em ômega 3 e fáceis de encontrar em qualquer supermercado.

Não deixe de se hidratar regularmente

Por fim, mas não menos importante, não deixe de se hidratar. Beber água regularmente, em média 2 litros por dia, é fundamental para o bom funcionamento do seu cérebro, podendo estimular a sua memória e a sua capacidade de concentração no dia a dia.

Além disso, ela auxilia no controle da temperatura do seu corpo, facilita o transporte de nutrientes dentro do seu organismo, melhora o aspecto da sua pele e aumenta o desempenho dos seus órgãos, em especial os rins.

Como você leu, é possível ter uma alimentação saudável na adolescência que promova o seu bem-estar e seu crescimento de forma agradável e sem muita dificuldade. Por isso, anote nossas dicas e coloque-as em prática já!

E se você gostou das sugestões deste texto, aproveite e compartilhe-o com seus amigos nas redes sociais!

Deixe um comentário