Vida de modelo: conheça a história da Laura Pigatto

Quando percebem o interesse da filha em se tornar modelo, muitos pais começam a pesquisar os detalhes da profissão e como outros jovens entraram nesse mercado tão concorrido e que exige muita determinação.

Dessa forma, compreendem melhor como deve ser a preparação da adolescente e, de quebra, ficam por dentro do importante papel da agência nesse processo. Foi pensando nisso que trouxemos a história de esforço e dedicação da Laura Pigatto, um dos nomes mais promissores do momento para você saber mais sobre os desafios que ela enfrentou. Acompanhe e se inspire!

O perfil de Laura Pigatto

Uma mistura do Brasil com a Itália. Essa poderia ser facilmente a descrição de Laura Pigatto, uma gaúcha que tem despontado no mercado pela beleza e, especialmente, as medidas únicas que a favorecem para o setor fashion: 184 centímetros de altura e 55 quilos — peso que é mantido com uma rotina religiosa de exercícios físicos e acompanhamento nutricional.

Nascida em 1998, ela não esconde a enorme saudade da cidade de origem, Santa Rosa, e, acima de tudo, dos pais que permanecem morando no pequeno município do interior do Rio Grande do Sul. Aliás, ela nunca cansa de agradecer o apoio e o incentivo deles que sempre acreditaram na vocação da filha.

O começo da carreira

O pontapé inicial para a trajetória ascendente de Laura foi a participação em uma seletiva de new faces realizada por Dilson Stein em São Miguel das Missões, no Rio Grande do Sul, em 2014. Com a experiência positiva do evento e o desejo latente de entrar de vez no universo da moda, ela não pensou duas vezes e, em 2015, comunicou a família o plano que tinha: mudar-se para São Paulo.

Porém, como diz o ditado, nem tudo foram flores. À época, a jovem ainda tinha 17 anos e precisou amadurecer muito cedo para lidar com a responsabilidade de não somente morar sozinha e pagar as próprias contas, mas principalmente escolher uma agência de modelo de credibilidade que a representasse no mercado e desse o devido direcionamento para a sua carreira.

Fora isso, Laura investiu em um intenso treinamento que envolveu cursos e oficinas de expressividade corporal, noções de maquiagem e penteado, posicionamento diante das câmeras, postura na passarela, etc. Tudo isso a fim de se aperfeiçoar e desenvolver as habilidades que já tinha e, em especial, aquelas que precisava para se destacar em castings e atingir as expectativas dos clientes — uma vez que atua tanto na área fashion (graças às medidas que tem) quanto na área comercial.

Os principais trabalhos

Embora tenha começado a carreira recentemente, em 2015, Laura Pigatto já coleciona diversos trabalhos que mostram que ela fez a escolha certa ao se mudar para a capital paulista. Prova disso, é que a gaúcha já esteve na passarela do mais importante evento de moda da América Latina, o São Paulo Fashion Week já no seu ano de estreia. Mas não acaba aí!

Afinal, ela também já desfilou, fez parte de editoriais e participou de campanhas para diversas marcas (inclusive internacionais), como Osklen, DonaSanta, Riachuelo, Reinaldo Lourenço, Animale e Diesel.

E então, gostou de saber mais sobre a história de Laura Pigatto? Pois faça como os pais da jovem e apoie a sua filha a se aprimorar, a pesquisar sobre uma agência com histórico e renome para orientá-la e, é claro, a gerir a rotina entre colégio e trabalho.

Aproveite o tema do post e siga a gente no Facebook e Instagram para conferir mais sobre a trajetória de outros modelos!

Deixe um comentário