Vida de modelo: conheça a trajetória de Gisele Bündchen

Completando 22 anos de carreira em 2017, Gisele Bündchen é a modelo mais bem paga do mundo, segundo a revista Forbes, sendo disputada por grifes como Dolce & Gabbana, Givenchy e Christian Dior, além de ser fotografada para milhares de capas nas maiores revistas de moda, como ELLE, Vanity Fair, entre muitas outras.

Símbolo de beleza e elegância, mas também muito engajada em causas sociais, humanitárias e ambientais, Gisele é representante da ONU como embaixadora da boa vontade, luta pela preservação da Floresta Amazônica e já doou seu salário em semanas de moda para apoiar programas de combate à fome, no Brasil.

Muitos atribuem seu sucesso à sua beleza, mas ela garante que seu comprometimento com a carreira é o responsável pelas inúmeras conquistas que alcançou. Para comprovar isso, conheça mais sobre a trajetória de Gisele Bündchen, no post de hoje.

Infância humilde no interior

Nascida na pequena cidade de Horizontina, Rio Grande do Sul, Gisele cresceu em uma casa simples, com mais cinco irmãs, onde, por muito tempo, seu maior sonho era se tornar jogadora de vôlei.

Na escola, Gisele nunca foi muito popular. Por ser alta e magra, seus colegas a apelidavam de Olívia Palito ou Saracura, como ela mesma já contou em diversas entrevistas.

Início da carreira

A história de Gisele Bündchen no mundo da moda começou aos 13 anos, quando ela foi orientada por um médico a melhorar sua postura, e procurou por um curso de passarela que pudesse ajudá-la a corrigir esse problema.  

Nesse curso, ela foi descoberta por Dilson Stein, que logo enxergou seu potencial e orientou a família de Gisele a investir na modelo. 

Inicialmente, Valdir Bündchen, pai de Gisele, foi contra a ideia, mas acabou se convencendo do talento da filha e viajou até São Paulo para negociar o planejamento de carreira da modelo, junto à Elite, uma das agências que se interessou por Gisele, após a orientação de Dilson Stein.

Depois disso, em 1994, ela participou de um concurso e ficou em segundo lugar. Foi quando mudou-se para São Paulo sozinha e passou a morar com mais oito meninas. 

Negada, várias vezes, por ter o nariz grande

Uma curiosidade interessante sobre a trajetória da modelo é que ela foi negada para diversos trabalhos, pois consideravam que ela tinha “o nariz muito grande e os olhos muito pequenos para estampar a capa de uma revista”.

Gisele conta que não foi fácil ouvir esse tipo de crítica aos 14 anos e que, por diversas vezes, se sentiu insegura. Mas, com o apoio da família, ela sempre decidia seguir em frente e mostrar que tinha capacidade de sobra.

Gisele Bündchen: do Brasil para o mundo

Após mudar-se para São Paulo, ela participou de um novo concurso, onde ficou em quarto lugar e teve a oportunidade de desfilar no Fashion Week, de Nova York. Com essa conquista, Gisele começou a se destacar na moda internacional e a chamar a atenção de grandes grifes.

Dizem que o ponto alto de sua carreira internacional foi quando a editora da Vogue americana, Anna Wintour, a escolheu para estampar a capa da revista mais importante de moda do mundo, descrevendo sua carreira como “o retorno da modelo sexy”. A partir daí, Gisele se consagrou e conquistou o título de übermodel.

A modelo sempre se preocupou em trabalhar com agências profissionais, que a colocassem em oportunidades que realmente pudessem alavancar sua carreira, além de trabalhar com muito profissionalismo, planejamento e pé no chão. Isso foi extremamente importante para que ela alcançasse seus objetivos. Essa foi a fórmula que funcionou para Gisele Bündchen, a modelo mais bem-sucedida do mundo.

Se você gostou da nossa matéria, siga-nos no Facebook e no Instagram e acompanhe nossas novidades!

20 comentários

    • Dilson Stein 19 agosto, 2017 at 16:29 Responder

      Rafael, envie algumas fotos tuas para leandro@dilsonstein.com.br para que possamos avaliar o teu perfil 😉
      Fotos feitas em casa mesmo, sem edição ou acessórios, de corpo, rosto e perfil. Junto com as fotos, nos envie também alguns dados teus como nome, peso, altura, idade, cidade onde mora e telefone de contato com DDD. Iremos avaliar e nossa equipe entrará em contato.
      Aguardamos 🙂

  1. Andressa 22 abril, 2018 at 22:10 Responder

    Olá ,gostaria de uma oportunidade na carreira de modelo ,eu tenho talento ,sou do interior também , acredito que posso ir além .

  2. Deivid Mutti 27 maio, 2018 at 02:39 Responder

    Amei,eu amo a Gisele Bündchen,acho ela incrível.Mesmo com as barreiras que teve que enfrentar com o apoio da família,as pessoas dizendo que nunca seria capa de revista,não desistiu e provou o contrário.Conseguiu e se tornou uma das maiores modelos do Mundo.Mostrando assim que o sucesso dela não veio só pela beleza,mas sim pela dedicação ,compromisso e amor pelo que faz. Sem dúvida uma história muito Interessante.

  3. Diego pires 16 julho, 2018 at 21:00 Responder

    Uauu que bacana.. quantos sonhos
    Bom eu sempre queria saber como é
    Muitas pessoas sempre falou para mim seguir está carreira.. mais eu ficava um pouco inseguro.. porem gostaria de ter esta oportunidade vai que da certo e acabo sendo o novo gisele ( versão masculina) kkk.

Deixe um comentário