VIDA DE MODELO: SAIBA MAIS SOBRE A CARREIRA DE ALESSANDRA AMBRÓSIO

Não há como negar: o Brasil é uma fonte inesgotável de modelos que alcançam o estrelato mundial e figuram, com frequência, na lista da Forbes das mais bem pagas no mundo. Alguns exemplos são Gisele Bündchen (1ª), Adriana Lima (2ª) e Alessandra Ambrósio (13ª).

É justamente sobre a última que preparamos este post especialmente para você conhecer mais sobre a trajetória dela, desde a infância até o sucesso internacional nas passarelas. Você também pode se inspirar para investir na carreira do seu filho. Afinal, ele pode se transformar na cara da nova geração de top models brasileiros. Confira!

Quem é Alessandra Ambrósio

Do Rio Grande do Sul para o mundo. Essa é, sem dúvidas, uma das afirmações que mais define a gaúcha Alessandra Ambrósio. Nascida em 1981, na pequena cidade de Erechim, e apaixonada por esportes, como surf, yoga e pilates, sempre se destacou pela beleza física e teve como objetivo seguir a carreira de modelo profissional.

Seus pais apoiaram esse sonho desde o início. Também foram responsáveis por dar a ela todo o suporte necessário para que investisse na profissão e obtivesse o reconhecimento e retorno financeiro adequado pelo seu trabalho.

Como começou a carreira

Determinada a alcançar seu objetivo, Alessandra Ambrósio participou de um curso ministrado pela Dilson Stein New Models, em sua cidade natal. Apesar da pouca idade, 11 anos à época, a garota se destacou entre as demais e passou a ser assistida pela empresa, que prepara e encaminha modelos para as maiores agências do Brasil.

A partir dessa etapa, sua vocação aliou-se à orientação que apenas uma empresa com longo histórico de atuação e excelente conceito no mercado poderia oferecer. Durante quatro anos, Alessandra foi não apenas preparada para desfilar, mas para escrever uma trajetória de sucesso.

Isso porque recebeu uma série de treinamentos, como cursos e oficinas com profissionais da área. Assim, teve suas habilidades aprimoradas e, principalmente, desenvolveu a maturidade profissional necessária para atuar no segmento e lidar com os mais diferentes contratantes do mercado.

A seguir, foi encaminhada para os primeiros castings de modelos e sua carreira, de fato, começou. Foram catálogos, comerciais e campanhas para muitas grifes, como a Black Phone, a Sommer e a M. Officer, entre 1994 e 1996.

Com a crescente procura pelo seu trabalho, Alessandra Ambrósio mudou-se para São Paulo e intensificou sua atuação como modelo fotográfica. Não tardou para que a jovem também se tornasse capa de importantes revistas impressas, como a Elle (1997) e a Marie Claire (1998).

Principais trabalhos no mercado da moda

Apesar do reconhecimento e da presença constante em trabalhos comerciais, foi no início dos anos 2000 que Alessandra Ambrósio deu um novo passo na sua carreira: tornar-se uma angel. Foi justamente nesse período que fez seu primeiro ensaio para a renomada marca Victoria’s Secret. Devido ao seu profissionalismo, a desenvoltura frente às câmeras e o potencial de modelo, a grife a contratou como um dos rostos da marca – trabalho que realiza até hoje.

Mas não se engane! Esse não foi o único trabalho internacional de Alessandra Ambrósio. Aproveitando sua versatilidade como modelo comercial e fashion, ela se mudou para Nova York. Com isso, desbravou outros mercados da moda, além do norte-americano, em especial o italiano e o francês. No primeiro, por exemplo, desfilou pelas grifes Prada (2010) e Dolce & Gabbana (2011). Já no segundo, atuou em grandes campanhas para as marcas Christian Dior (2010) e Chanel (2013).

Além disso, ainda explorou outros meios audiovisuais, integrando elencos de séries (Entourage e How I Met Your Mother, 2007), novela global (Verdades Secretas, 2015) e até mesmo filmes (James Bond: Casino Royale, 2006), ao lado de grandes astros.

Como você leu, Alessandra Ambrósio aliou o desejo de ter uma carreira com o apoio dos pais e a indispensável orientação profissional de uma agência. Por isso, invista no desenvolvimento e aprimoramento do seu filho. Ele pode ser o futuro grande destaque das passarelas ou da publicidade.

Se você gostou deste post, assine já a nossa newsletter para receber outros temas e assuntos sobre o universo da moda!

2 comentários

  1. Odelita Ribeiro 30 agosto, 2017 at 20:19 Responder

    Nossa uma linda história! Minha filha tem hoje 11 anos e foi colecionada pra seletiva de Brasília em 2018 mas acho q n vai dar por causa da nossa condição financeira

    • Dilson Stein 5 setembro, 2017 at 11:10 Responder

      Odelita, entendemos que nem sempre é fácil conseguir os valores para participar do nosso evento. Mas fique tranquila, se ela não conseguir participar agora, poderá participar em outra oportunidade. Ela ainda é bastante nova e nós estamos sempre a disposição 🙂
      Um abraço!

Deixe um comentário