4 dicas para escolher uma agência de modelo infantil

Encontrar uma agência de modelo infantil exige alguns cuidados básicos para a segurança do seu filho e, ainda, para evitar que você caia em falsas promessas de sucesso e ofertas de trabalho que jamais acontecerão.

Neste post, trazemos importantes orientações de como escolher uma agência que realmente auxilie a encontrar bons trabalhos na área e ajudar seu filho a iniciar na carreira. Confira!

1. Informe-se sobre a qualificação da equipe

Em primeiro lugar, é importante obter informações básicas sobre a agência e sobre a equipe que trabalha nela. A agência de modelos é conhecida no mercado de moda? Já descobriu algum talento que atualmente é um modelo famoso? Você possui referências de pessoas que trabalham nela ou conhece alguma criança que já fez algum trabalho para essa agência?

É importante também confirmar se a pessoa que se identifica como funcionário de uma agência de modelos realmente trabalha naquele local. É comum neste meio as pessoas se identificarem como representantes de certas empresas e essa informação ser falsa. Entre em contato com a agência pelo número de telefone que consta no site oficial para evitar esse tipo de fraude.

Além desses detalhes, verifique as informações constantes sobre a agência nos canais oficiais da empresa, como site, Facebook e outras redes sociais. Uma pesquisa rápida no Google também pode ajudar a reunir informações importantes sobre o trabalho da agência.

2. Observe como a agência realiza a abordagem

Tome um cuidado especial nas abordagens que são realizadas na rua ou em quiosques em locais públicos, especialmente se essas abordagens tentarem fazer uma venda forçada de produção de books. Embora a produção de book seja algo importante na carreira, não deve ser o primeiro passo na busca de trabalho para as crianças., nem requisito fundamental para os testes iniciais.

3. Cuidado com as falsas promessas

Expectativas de altos cachês, capas de revistas, presença na TV? Tenha atenção com esse tipo de promessa, principalmente se o seu filho nunca realizou esse tipo de trabalho.

Na maioria dos casos, os trabalhos com altas remunerações aparecem para quem já possui experiência e depois de um certo tempo. Em muitos casos, a criança precisa já ter feito alguns cursos, aprendido a desfilar na passarela e ter qualificações que o iniciante ainda não possui. Portanto, tenha um cuidado especial com promessas que envolvam valores muito altos.

4. Identifique se agência de modelo infantil é transparente na negociação

Se a agência não for clara com os detalhes do trabalho oferecido, o melhor é desistir e buscar uma empresa que trabalhe com transparência e informe exatamente como o trabalho será realizado. Afinal de contas, a segurança do seu filho é que está em jogo e você não deve se arriscar.

Gostou de nossas dicas para escolher uma agência de modelo infantil confiável? Deseja ter acesso a outras informações interessantes para ajudar seu filho ou sua filha no início de uma carreira brilhante? Siga a Dilson Stein no Facebook e no Instagram para ter acesso a todas as novidades do mundo fashion!

1 comentário

Deixe um comentário