5 dicas de alimentação infantil para seu filho que quer ser modelo

A alimentação na infância é a parte mais importante para o desenvolvimento de uma criança. É a partir daí que ela constrói suas defesas e define como será sua saúde na vida adulta.

A criança que quer trabalhar como modelo precisa receber um cuidado redobrado quando o assunto é alimentação. Ela tem que estar saudável e cheia de energia para encarar as exigências que a profissão pede.

Muitos pais enfrentam problemas na hora de oferecer uma alimentação infantil adequada, já que é preciso incluir alimentos saudáveis, mas não é recomendado privar a criança de tudo que é considerado ruim.

Quer aprender mais sobre alimentação infantil e oferecer o melhor para seu filho? Então acompanhe estas dicas!

1. Estabeleça uma rotina

Uma das palavras mais importantes na alimentação de uma criança é rotina. Nós adultos sabemos como pode ser difícil comer em horários estabelecidos quando não existe rotina. Uma criança não tem essa noção e perde a fome com facilidade.

As refeições principais devem ser feitas sempre no mesmo horário e é importante não pular nenhuma delas.

Os lanches entre as refeições também são bem-vindos — assim como a ingestão de água — mas é preciso tomar cuidado para não perder a mão e oferecer lanches demais. Isso tira o apetite e pode gerar um ciclo de desencontros entre a fome e a hora de comer.

2. Priorize alimentos orgânicos

Hoje em dias as pessoas já estão bem conscientes sobre os efeitos que os agrotóxicos provocam no corpo. Quando uma criança consome um alimento não orgânico, suas defesas podem ser comprometidas e sua saúde não fica tão protegida como deveria.

Os orgânicos são mais nutritivos, ajudam a prevenir problemas de saúde e são bem mais saborosos que os alimentos que são criados com pesticidas. Além de ajudar seu filho a crescer mais saudável, ainda é mais fácil manter o interesse dele por esses alimentos.

3. Evite os industrializados

Os alimentos industrializados são gostosos e práticos, já que não precisam de muito preparo e podem ser facilmente transportados. Essa facilidade fez com que muitos pais incluíssem bolachas, salgadinhos e macarrão instantâneo na vida dos filhos, mas essa é uma prática que deve ser evitada ao máximo.

Todos esses alimentos apresentam níveis altíssimos de gorduras saturadas, gorduras trans, açúcar, corantes e outros componentes químicos.

Eles não oferecem praticamente nenhum tipo de vitamina para o corpo se desenvolver e ainda favorecem doenças cardiovasculares, alergias, inflamações e problemas no sistema imunológico.

4. Melhore sua alimentação

As crianças costumam tomar o exemplo dos pais para realizarem suas atividades. Isso quer dizer que não adianta oferecer sucos naturais às crianças se você sempre coloca o refrigerante na mesa.

O bom exemplo deve começar pelos pais, então é importante que você também melhore sua alimentação. Isso cria benefícios e bons hábitos para todos, e ainda facilita a rotina de cuidados com a criança.

5. Torne o momento mais especial

Apesar de conhecermos os benefícios de uma alimentação saudável, nem sempre é tão fácil manter o interesse pelos vegetais. Para uma criança com menor discernimento, esse desafio torna-se ainda maior. Por isso, uma técnica que você pode usar é tornar as refeições mais interessantes, pedindo para a criança ajudar no preparo, variando o cardápio e mostrando desde cedo como se conquista o equilíbrio.

A alimentação infantil pode deixar de ser um desafio na vida em família. A rotina do seu filho pode ser mais equilibrada, desde que haja comprometimento com os horários, paciência e uma boa dose de criatividade. Temos certeza que você vai conseguir!

Para nos acompanhar nas redes sociais, é só seguir nossas páginas. Estamos no Facebook, no Instagram e no Twitter!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.