Diversidade no mundo da moda: o que vem mudando ao longo dos anos?

A mídia e a moda são responsáveis pela criação de certos padrões de beleza e de modelos estéticos impostos pela sociedade. Geração após geração, pessoas brancas, magras e altas dominaram as passarelas. Hoje, a diversidade no mundo da moda faz com que grupos que recebiam pouca ou nenhuma representatividade tenham cada vez mais espaço.

Com isso, o conhecido “padrão” dos modelos está se desfazendo e é possível ver a pluralidade cada vez mais presente nas passarelas e editoriais de moda. Afinal, tentar esconder ou disfarçar as diferenças, ou não respeitá-las, é fugir do entendimento de que existe lugar para todos em nossa sociedade.

Continue a leitura e saiba mais sobre o aumento da diversidade no mundo da moda!

A mudança de percepção ocorrida no mundo

As cotas foram os primeiros passos, pois assim as pessoas negras, aos poucos, foram aparecendo nas passarelas. Depois, o leque da diversidade se abriu. Vieram as trans, curvilíneas, amputadas, maduras, albinas e outras etnias e biotipos considerados fora do padrão.

Nas passarelas e na moda de agora, todos são bem-vindos. O próprio público já espera encontrar representatividade na área. Com isso, não existe mais fazer uma peça só para pessoas magras e perfeitas — é necessário ir além dos padrões ou mesmo desconstruí-los.

Boa parte dessa mudança ocorreu com as novas tecnologias, incluindo a internet e as mídias sociais. Pessoas diferentes passaram a ter seus apelos ouvidos, o que impacta diretamente as tendências do mundo fashion.

A importância da diversidade no mundo da moda

A indústria da moda já entendeu a importância de resgatar a essência das belezas individuais e mostrar para o público como enxergar sua verdadeira natureza. Falar de moda inclusiva é tratar de um mercado que produz para todos os tipos de físicos e inclui nos desfiles pessoas que representem todos os tipos de corpos.

Felizmente, essa realidade tende a crescer muito nos próximos anos. A aceitação das diferenças abre portas não só no mundo da moda, mas também em qualquer setor da publicidade. No entanto, a dedicação que a profissão exige não vai mudar.

A influência na carreira de modelo

A indústria da moda é poderosa porque tem a capacidade mostrar ao público o que é bonito, respeitável, sexy e inspirador. Com o aumento da diversidade na área, a carreira de modelo tem passado por mudanças.

O sonho de seguir esse caminho passa pela cabeça de muitas pessoas — desde crianças até adultos. Por estar cada vez mais inclusiva, esse é um ótimo momento para aproveitar seu biotipo e explorar outros trabalhos na moda.

Hoje, é possível encontrar modelos da terceira idade, plus size, fitness, infantis, trans, com deficiência, com síndrome de Down, de diferentes etnias, anãs, entre outros. É importante lembrar que diversidade é fazer da representatividade algo constante.

Vivemos em um período de grandes transformações e, mais do que nunca, temos a chance de compartilhar diferenças, experiências e essências. A diversidade no mundo da moda mostra que somos únicos e que o respeito deve ser praticado acima de tudo, independentemente do que é considerado padrão — seja de corpo, comportamento, beleza, crença ou idealismo.

Gostou deste conteúdo? Então, aproveite para baixar nosso e-book e conheça os novos perfis de modelo: como a indústria da moda está se adaptando à diversidade.

Deixe um comentário